Educação para a Saúde

Num SNS cada vez mais ameaçado TAMBÉM de insustentabilidade (um termo que entrou definitivamente no rol dos mais famosos) graças à excessiva medicalização, ao envelhecimento da população, à hipocondria e à promessa da vida eterna da sociedade actual, algo deveria ser feito para travar a escalada de gastos com a Saúde…

Todas as medidas actuais assemelham-se à metáfora de tentar suster o leito de um rio na foz e não mais próximo da nascente.
Falamos da excessiva ida das pessoas às Urgências esquecendo-nos que estas julgam não ter outra opção ( e muitas vezes não têm) mas também ninguém lhes explica o porquê nem muito menos convencê-las do mesmo…
Porque não instituir uma disciplina de Educação para a Saúde, de igual peso curricular do Português ou da Matemática, desde a 1ª classe ao final da faculdade, aumentando gradualmente a complexidade dos conteúdos (deixo a escolha do momento oportuno para os especialistas da área da educação em saúde)?

Assuntos a abordar (entre outros):
-SBV (suporte básico de vida);
– Primeiros socorros;
– Reconhecimento de situações urgentes como sinais e sintomas de AVC, EAM(mais de 40000 mortes por ano em Portugal relacionadas com doenças cardiovasculares) entre outras doenças de elevada mortalidade;
– Funcionamento da estrutura do SNS: SIEM; CSP; Hospitais; UCC; UCCI, legislação na saúde; explicação das competências dos diversos profissionais…
– Eduação Sexual
– Prevenção do consumo de drogas (álcool, tabaco, haxixe, cocaína, etc etc)
– Hábitos de vida saudáveis
-ETC ETC ETC?
Não seria tão mais fácil lidar com pessoas informadas sobre os seus direitos e acima de tudo com os seus deveres enquanto utilizadores dos serviços de saúde? Aí sim talvez pudéssemos chamá-los de cliente na medida em que são consumidores informados sobre o produto/serviço que lhe é prestado/vendido…
Medidas que assegurem o Estado Social e até o seu aperfeiçoamento precisam-se e rápido porque o conceito de utilizador pagador também está aí a chegar… e não pensem que terão dinheiro para pagar os serviços prestados porque os seguros de saúde podem bem ser um gatoou pensavam que seria uma lebre?
Anúncios

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s