Social democracia

É isto a social democracia?
 http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=426641

Acerca da revisão constitucional Pedro Passos Coelho afirma que a saúde não pode ser tendencialmente gratuita…

Sou social democrata… Não sou liberal

Anúncios

4 thoughts on “Social democracia

  1. Estado da nação: debater sobre financiamento da saúde, mas mais do que isso, sobre o paradigma em que assenta a prestação de cuidados de saúde é mais do que necessário mas ambos sabemos, como enfermeiros em particular e como profissionais de saúde no geral, que o aumento da despesa é inevitável face aos novos meios tecnológicos, expectativas dos utentes e mais do que tudo à demografia (envelhecimento da população).Tudo o que apoie passar o ónus da despesa para o utente vai contra a minha opinião pois este não é capaz de distinguir o que é ou não melhor para ele na grande parcela da totalidade até porque é um mercado enviesado: somos procuradores do utente(induzimos a procura) e ao mesmo tempo prestadores( induzindo a oferta) e existindo possibilidade de lucro acredita piamente que não seríamos , entre aspas, corrompidos?Petra: Independentemente de eu achar que a saúde , segundo o que é actualmente a prestação de cuidados de saúde, até está suborçamentada, apesar de ter a certeza de que abordando o assunto de outra forma o orçamento até seria excedentário (nos dias de hoje mas talvez já não num futuro medianamente longínquo)… não é por se praticar um crime/uma prática incorrecta, se vai traduzir-se me lei essa situação… mas sim fazer com que as coisas tendam no caminho que achamos correcto…Pequerruxa: a minha opinião é de que os cuidados privados são melhores em termos de hotelaria e tempo de espera… quanto ao resto discordo totalmente. Nisto estou de pleno acordo com a ministra Ana Jorge quando esta diz que preferia ser atendida num Hospital público numa situação grave.Quanto à proposta do PSD, até me parece que os seus encargos com a saúde aumentariam, isto deduzindo que tem um salário médio pois a não ser que obriguem os menos remunerados a pagarem os seus cuidados, ou a privar estes dos cuidados de todo, alguém teria de pagar os cuidados destes à mesma… E não me parece que ao sermos obrigados a ter um seguro de saúde, nos baixassem os impostos como forma de compensação.Se isto é democrata… vou ali e já venho!

  2. Olá colega!A minha opinião relativamente a este assunto é também divergente da sua. Quantas vezes não lhe passou pela cabeça recorrer ao serviço privado para melhor e acima de tudo mais rápida prestação de cuidados de saúde. E quanto pagaria para os obter, mesmo que seja através de um seguro de saúde? No entanto nem todos dispõem de meios para o fazer nem trabalham no meio e o conseguem com maior facilidade. É neste sentido que a posição do PSD, defendendo assim a implementação de um sistema misto permite a toda a população, de diferentes estratos sociais ter acesso aos melhores cuidados de saúde a custo mais reduzido dos que os que se praticam hoje em dia para obter esses cuidados. E vendo as coisas pelo prisma do profissional de saúde, maior reconhecimento deste pela sua qualidade de prestação de cuidados. Penso que esta medida inserida no estado económico actual do país faz sentido e é uma postura bem à democrata.

  3. peço desculpa mas eu desconto um valor muito alto em impostos para não ter direito a saude, educação e justiça grátis (direitos fundamentais)…. o que actualmente também já não é o que ocorre, logo esta posição o PSD é só colocar no papel esta triste realidade. enfim é o país que temos com altos números de corruptos e fuga ao fisco… e então temos esta sociedade

  4. Caro colegaNeste ponto não estou de acordo consigo e, ao contrário, partilho parte significativa da posição de Pedro Passos Coelho. Sou enfermeiro, social democrata, não me considero um liberal e sou contra posturas de radicalismo sejam de que natureza forem. No e ntanto urge alterar algo neste SNS. E, por isso, partilho a posição da actual direcção do PSD. De qualquer forma compreenderá que qualquer posição fundamentada não passa pelo simples comentário. Em breve terei uma posição um pouco mais sustentada sobre esta questão no meu blog. Cumprimentos cordiais

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s