Portaria 801/2010

Há dias falei sobre as correntes que existem à volta da prática liberal de Enfermagem… Parece que me quiseram dar razão:

Depois surge o fatídico parágrafo:
 “2 — Ao pessoal de enfermagem dos centros de enfermagem é vedado fazer tratamentos sem prescrição médica, ressalvando -se os casos com fundamentação de urgência, de acordo com o REPE, o Estatuto da Ordem dos Enfermeiros e as orientações profissionais dessa organização.
Não costumo alinhar em teorias da conspiração mas isto de querer limitar as acções dos enfermeiros… parece que é o que está a dar…
Não conhecem as várias dimensões da qualidade em saúde, nomeadamente a acessibilidade (neste caso aos cuidados de enfermagem) , que neste caso está a ser completamente atropelada? 
É que já bastam outras restrições à prática dos enfermeiros mas será que esta gente não pensa nos utentes a quem estão a vedar o acesso a cuidados de que necessitam?
Anúncios

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s