Resultados da manifestação da geração à rasca

Depois da megamanifestação o que sobra?
Terá sido uma manifestação avulso e o dever está cumprido? A meu ver o maior erro é pensar que já está tudo feito e já se cumpriu o dever cívico de protestar contra algo que julgamos estar errado.
Os manifestantes tinham porém motivações diversas mas com um objectivo comum: o estar farto “disto”, o que que “isto” seja…

Devemos acima de tudo repensar o estilo de vida e equacionar o que é realmente importante: se ter um “gadget” tecnológico é realmente indispensável, se o carro é realmente necessário, se a nossa ambição profissional e formativa é realmente adequada e é neste ponto que quero tocar…

De quem é a culpa do desemprego (principalmente entre os licenciados)? Da oferta formativa desregulada ou dos que procuram os cursos sem saída profissional?

Será justo pedir um emprego quando à partida já sabíamos que a oferta de emprego era diminuta?
Imaginemos um jovem estudante do secundário… Quando decide escolher um curso do ensino superior que SABE não ter saída profissional, terá ele razões à posteriori para invocar o princípio de direito ao emprego sabendo que tomou uma decisão fundamentada e consciente?
Mais razão terá porém quem tem um carácter de trabalho precário e aí sim deveria ser focado o esforço de protestar.

No entanto do lado da oferta formativa, principalmente do estado, faz sentido que este despenda milhões de euros na formação (custo de manutenção dos edifícios, professores, outros profissionais) de licenciados para áreas sem expectativa de emprego? Se falássemos de formação ligeiramente acima da oferta formativa como forma de manter a competitividade e impedir a captura dos interesses gerais por interesses corporativos é uma coisa, falar de excesso de milhares é outra… A troco de quê? De rácios de licenciados?

Acima de tudo convém é manter a atitude reivindicativa fundamentada mas diariamente e não esporadicamente, em manifestações cujo efeito mediático se perde em menos de uma semana…

Anúncios

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s