"Eutanásia’s"…porquê agora?

A BBC emitiu recentemente um documentário chamado “Choosing to die” que relançou a discussão sobre a eutanásia inclusive por cá. Porém o que é isso da Eutanásia?

“Considera-se eutanásia a acção do profissional de saúde que tem como fim por termo à vida, a pedido expresso do interessado. Ou seja, o processo de morte é deliberadamente provocado, em virtude de um processo patológico incurável e em que a pessoa solicita a morte.”

Distingue-se de…
E em Portugal…Existe demasiada distanásia e insuficiente ortotanásia?
Sem chegarmos às “ásias” quantos cuidados complexos são prestados sem que se julgue sequer a necessidade dos mesmos? Ver este post por exemplo (via juramento dos hipocritas). 
Este debate tem de se colocar mas mais na questão da distanásia e não propriamente da eutanásia: o país não precisa de causas fracturantes mas de propostas de futuro e sustentabilidade. Falar da distanásia sim mas eutanásia não. 
Faz sentido avançar para a Eutanásia sem nos preocuparmos previamente com a qualidade dos cuidados paliativos?
Qual o interesse de relançar a discussão nesta altura? A posição da DGS por exemplo… link
Será a eutanásia uma forma de conter a despesa do sector da Saúde? 
A minha posição: Contra a distanásia, contra a eutanásia e um maior debate sobre a ortotanásia.
Anúncios

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s