O SNS comemorou 33 anos

O SNS comemorou 33 anos e nestas efemérides é sempre lançado um texto de reflexão,  (link) pelo que devo aproveitar e partilhar convosco a minha.

Devemos considerar Serviço Nacional de Saúde a estrutura que suporta a prestação de cuidados de saúde segundo princípios de universalidade , justiça e equidade ou deveríamos apenas reportar-nos à efectividade dos serviços do mesmo?

Isto é, deve importar-nos se o nome é Serviço Nacional de Saúde ou se efectivamente os Portugueses têm acesso a Cuidados de Saúde que precisam, merecem ou que a Sociedade (como um todo) consegue pagar?
Serviço Nacional de Saúde é ter hospitais públicos, centros de saúde, unidades de cuidados na comunidade ou unidades de cuidados continuados sob gestão do Estado ou ao serviço dos cidadãos?
Neste século XXI, continuando o caminho do final do século XX e início do século XXI, o de não centrar a saúde na pessoa e sim na estrutura do Sistema (quase exclusivamente), nem as pessoas ficam satisfeitas com o desempenho do mesmo, nem este é sustentável nem é possível melhorá-lo… e não há nada que leve mais à destruição do conceito de solidariedade colectiva, presente no facto de aceitarmos contribuir para dar cuidados de saúde a todos, do que não admitir que este está doente e precisa de ser reformado, possibilitando e mantendo a sua existência, mas agora duma forma que sirva mesmo TODOS os Portugueses …

Para que notícias como esta (link) nos alertem para os perigos de nos escondermos da realidade…

Porque o que interessa não é a Natureza da prestação mas sim a sua finalidade, ou seja, não interessa quem presta o serviço mas sim se o serviço é bem prestado…
Definir esta questão é o cerne da organização e futura reforma do SNS, colocando sempre tudo na óptica do que é melhor para as pessoas/utentes e prestando contas/ transparecendo a actividade dos seus profissionais e estrutura de gestão. 
Só sabendo quem faz o quê e o que é bem feito pode melhorar-se. 
Alguém sabe o que é que os diferentes profissionais de saúde e restantes profissionais (de gestão, logística, etc etc) faz, a sua produtividade e a qualidade do seu trabalho, dentro do SNS? Não penso, tenho a certeza que não e só garantindo que as Pessoas , contribuintes e alvo dos cuidados, assim como os decisores do Sistema, sabem o que se faz no SNS, duma forma sistemática e sem campanhas de desinformação, de parte a parte, se impedem cortes sem justificação e se permite a reforma do que não funciona…
O meu desejo neste aniversário é este: Que possamos continuar a comemorar mais aniversários de Serviço Nacional de Saúde para todos e não dum Serviço Nacional de Saúde só no papel (como o actual)…
Anúncios

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s