Os acompanhantes dos doentes

Diariamente , dado o meu exercício no SU, vejo-me confrontado com limitações no acompanhamento de doentes, algo que muito me insatisfaz dado considerar de grande valia, na esmagadora maioria dos casos, quer para o “apoio ao profissional” de saúde quer como “terapêutica” para a ansiedade natural num evento crítico e agudo como é uma ida à urgência, por parte dos familiares e do próprio doente.

O direito ao acompanhamento está consagrado na lei 33/2009  e que diz assim: 

“1 — Todo o cidadão admitido num serviço de urgência tem direito a ser acompanhado por uma pessoa por si indicada e deve ser informado desse direito na admissão pelo serviço.”

Porém verifico uma grande reticência por parte das instituições em providenciar condições condignas, quer aos profissionais, ao informá-los sobre estratégias de comunicação com os acompanhantes e sua inclusão no plano terapêutico, quer por parte dos mesmos acompanhantes que desconhecem ou distorcem a lei ( esquecendo o princípio da urbanidade também patente na mesma lei.
Daí ser de grande curiosidade da minha parte perceber se esta última transcrição não ficou esquecida…
As instituições do SNS que disponham de serviço de urgência devem, no prazo de um ano a partir da data de publicação desta lei, proceder às alterações necessárias nas instalações, organização e funcionamento dos respectivos serviços de urgência, de forma a permitir que os doentes possam usufruir do direito de acompanhamento sem causar qualquer prejuízo ao normal funcionamento daqueles serviços.”
Isto foi publicado em 2009!!!! Quase 4 anos passaram…
Neste momento como está a aplicação da lei?
O que falta para que a relação/comunicação entre os profissionais e os familiares assuma contornos digamos terapêuticos, percebendo como a ansiedade e o acesso à informação melhoram a qualidade da estadia e a satisfação com o serviço?
Considero este tema da maior relevância pois esta é potencialmente uma das grandes lacunas do SNS e possivelmente um motivo para a fuga dos cidadãos mais informados e mais “exigentes” para outras paragens do sistema de saúde… E só garantindo a satisfação dos clientes( doentes e acompanhantes) é que a curto/médio e longo prazo se garante a necessidade e existência duma qualquer instituição… A não ser que queiramos simplesmente ser o único recurso possível pela aniquilação da concorrência pelo esmagamento por impostos dos concorrentes, quer da falta de recursos/opção de quem recorre ao SNS.

Em última análise… depende disto a existência de um SNS!

Anúncios

2 thoughts on “Os acompanhantes dos doentes

  1. Concordo Mauro, o fato de as condições nem sempre serem as melhores limitam muitas vezes a presença do acompanhante quer como "apoio ao profissional" quer como "terapeutica" de ansiedade e essas limitaçoes muitas vezes leva a que os profissionais/instituição "afastem" os familiares ,muitas vezes cuidadores, para longe do que deveria ser a essencia dos cuidados, a triade equipa multidisciplinar-doente-familia.Quando o é possivel, as vantagens tornam-se notórias…

  2. Boa tarde.. Mauro este processo por ti apresentado neste topico esbate com a qualidade assistecial que existe nestes servicos de saude especificos. Eu tanto como enfermeiro, como profissional defendo a busca e procura desta qualidade nos servicos de saude em portugal… Porque a saude traduz-se como bem essencial para a nossa vivencia e qualidade de vida… Muito da saude esta a ser modificado e em involucao, quase sempre justificado pela crise socio economica, mas apesar dessa condicionante existir verdadeiramente, tal fato nao nos impede de questionarmos, lutarmos e defendermos um parametro vital para todos nos, que e o acesso a saude e a sua necessaria qualidade… boa e realista mensagem/ pensamento transmitido… abraco…

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s