As autarquias e a Saúde

Em ano de eleições autárquicas, penso que será pertinente abordarmos o papel das autarquias na saúde e fazer uma colectânea de boas e más medidas dos vários programas eleitorais.
Obviamente cada política autárquica deve ser adaptada a cada comunidade em específico e na área da Saúde não é excepção. Assim, a medida primordial em qualquer política autárquica decente, deve passar por um Diagnóstico de Saúde da Comunidade, que permita definir metas e traçar Planos, Programas e Projectos para as atingir. Esta era uma competência dos Centros de Saúde, que a descuravam e é agora uma competência das Unidades de Cuidados na Comunidade, que são ainda manifestamente poucas. Neste contexto, as autarquias podem ter um papel importante, não fazendo este trabalho, mas servindo de aglutinador entre as unidades de saúde públicas e privadas, IPSS’s, escolas, associações, clubes desportivos e demais forças activas da comunidade, no sentido de identificar as reais necessidades da população e de implementar os projectos destinados às várias populações. Para facilitar a partilha de experiências entre as várias autarquias e unir os esforços de todos, é de toda a pertinência a adesão à Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis, que conta já com alguns bons exemplos, os quais todos têm a ganhar em conhecer.
De resto, as políticas de promoção da saúde são multi-factoriais e englobam medidas como:
-Criação de espaços verdes
-Criação de espaços e infra-estruturas destinadas à prática de exercício físico
-Criação de órgãos conglomeradores da comunidade para a definição de políticas de saúde
-Aposta na educação e formação
-Criação de Gabinetes de Apoio a Jovens (em parceria com os cuidados comunitários e/ou escolas)
-Promoção das acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida
-Apoio às IPSS ligadas à saúde e apoio social
-Incentivo à prática desportiva
-Criação de mecanismos de apoio às populações isoladas
-Combate à pobreza e exclusão social (é vago, mas as medidas concretas dependem de cada município)
-Criação de ciclovias e passeios pedonais

Deixem sugestões de mais medidas e bons e maus exemplos dos programas eleitorais das vossas terras.

Anúncios

2 thoughts on “As autarquias e a Saúde

  1. Acho que deve haver linhas gerais a nível nacional, mas as autarquias devem ter um papel importante na adaptação dos Cuidados de Saúde Primários a cada comunidade.Sou um defensor da descentralização e neste caso, com enfoque tão grande nas comunidades, parece-me fazer todo o sentido.

Sem censura... mas sem ilegalidade e acima de tudo com o sentido de responsabilidade. Opiniões contrárias não são só aceitáveis... são desejáveis... mas for favor identifique-se, nem que seja com pseudónimo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s